MAIS EDUCAÇÃO

sábado, 17 de setembro de 2016

DECORAÇÃO E EDUCAÇÃO: Escola Incentiva Profissionais e Alunos na Prática Diária da Higiene e Alimentação Saúdavel


  A Escola Municipal Camila de Léllis através da Diretora Clédina Mafaldo e Equipe Pedagógica tem trabalhado a Higiene e Alimentação Saudável com os funcionários e alunos. Além da decoração nos ambientes alimentares, as cozinheiras e auxiliares recebem treinamento para melhor higiene do ambiente e alimentos. Os funcionários já utilizam a prática de lavar as mãos sempre, com água e sabão, usar toucas e uniforme limpos, limpar as instalações da cantina, como paredes, chão e tetos, bem como os equipamentos e utensílios que serão utilizados com água e sabão, e principalmente tomam cuidado para que os alimentos tenha os produtos em excelente estado de higiene. A partir disso, os alunos são incentivados em sala de aula e orientados pelos murais através de frases, imagens e desenhos ilustrativos sobre a importância da alimentação saudável e da higiene antes e depois da alimentação.

Acompanhe:






EDUCAÇÃO FÍSICA: Aulas de Equilíbrio são Desenvolvidas com os Alunos na Quadra Escolar


      O equilíbrio deve fazer parte das aulas de Educação Física, pois é uma conduta de base para muitos aprendizados. Dessa maneira, a Escola Municipal Camila de Léllis da cidade de Riacho da Cruz tem utilizado exercícios e brincadeiras de Equilíbrio, envolvendo materiais, como a cordas, bambolês, bolas, tábua ou o banco. As atividades são realizadas na Quadra da Escola na Coordenação do Educador Físico Policarpo Gomes com os alunos do 2º e 3º ano. Nesse momento, o aluno perde o contato com o solo e a altura também influencia em seus movimentos, onde eles devem estar seguros de sua prática no solo para executá-la de forma mais complexa fora dele. No trabalho desta conduta é fundamental a presença do profissional, dando segurança e auxílio para qualquer problema que possa ocorrer. Todo e qualquer tipo de movimento é importante  e quando praticadas com certa frequência, jamais serão esquecidas ao longo da sua vida, fazendo com que a criança não se sinta constrangida em determinadas situações por nunca ter praticado certa atividade.

Confira: 














segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Duas Realidades Distintas: Visita das Turmas do 6º ano A e B ao Aterro Sanitário em Riacho da Cruz e ao Lixão em Itaú


     A temática do lixo tem sido discutida na disciplina de Ciências, sobre a responsabilidade das professoras Rute Paiva (6º B) e Poliana Costa (6º A) na Escola Municipal Camila de Léllis. Como metodologia para se trabalhar com essa temática, foi realizado na sala de aula exposição sobre a produção do lixo e os problemas do descarte inadequado, bem como a importância da reciclagem que teve como culminância a produção de brinquedos com material que teriam o lixo como destino. (Clique aqui: Aula de Ciências)
     Ainda tratando a temática do lixo, os alunos do 6º Ano (turmas A e B) da Escola Municipal Camila de Léllis, realizaram no dia 01/09/2016, uma aula de campo, na coordenação da professora Rute Paiva e também com o apoio do professor especialista Emerson Bezerra da cidade de Itaú-RN. A aula teve o intuito principal de conhecer o destino final do lixo nas cidade de Riacho da Cruz e Itaú. Realizou-se a visita ao aterro controlado do município de Riacho da Cruz e em seguida o lixão a céu aberto na cidade de Itaú, com objetivos de refletir sobre a responsabilidade na geração de lixo e identificar materiais que podem ser reciclados; observando também os impactos ocasionados pelo acúmulo de lixo e diferenciando as duas realidades visitadas em relação ao destino final do lixo.
      É importante salientar que nas cidades visitadas o destino final é bem diferente. Na cidade de Riacho da Cruz percebeu-se a presença de um aterro controlado, que ainda não segue os padrões totalmente adequado, tendo em vista que no município ainda não existe a coleta seletiva, e que a camada impermeabilizadora, nas valas onde o lixo é enterrado, só é colocada no período de inverno, no entanto é notório que a cidade caminha no sentido do descarte mais apropriado. Já na cidade de Itaú encontra-se um lixão totalmente a céu aberto, com muito lixo sendo queimado o que possibilita de forma mais direta a poluição do solo e também do ar. Outra problemática verificada é a proximidade do lixão ao principal ao reservatório de água do município. Diante da visita, pode-se comparar as realidades distintas em relação ao destino do lixo. 

Veja as fotos a seguir: 

Aterro controlado de lixo em Riacho da Cruz - RN








Lixão ao céu aberto em Itaú - RN









quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Professores da Escola Municipal Camila de Léllis realizam Apresentações Folclóricas com os Alunos


       Os Professores dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental da Escola Municipal Camila de Léllis realizaram neste dia 30 de agosto uma manhã de Apresentações Folclóricas com os Alunos na Quadra Escolar. As atividades foram trabalhadas no decorrer do mês em sala de aula, onde os estudantes do 1° ao 5° ano participaram  e apresentaram com entusiasmo os (Provérbios, adivinhas, trava-linguás, brincadeiras, parlendas, danças, quadrilhas, crendices e lendas). O folclore passado de geração para geração, nasce muitas das vezes da imaginação das pessoas, principalmente dos moradores das regiões do interior do Brasil. Muitas destas histórias foram criadas para passar mensagens importantes ou apenas para assustar as pessoas. Todo esse trabalho aconteceu porque os professores se empenharam ao máximo, apoiando a ideia que resgatar as histórias do folclore brasileiro é a melhor maneira de se ensinar ao aluno, pois assim estão trabalhando teoria e prática de maneira paralela.

ACOMPANHE: